Panamá, o país que mais irá crescer na América Central

 

Apesar do país-sede do Canal liderar o crescimento na região do ístmo, a República Dominicana registrará um melhor Produto Interno Bruto (PIB), segundo os dados dados do Fundo Monetário Internacional (FMI).

 

O Panamá encerrará o ano com um crescimento de 5.2% e este será ainda maior em 2017,  cuja projeção aponta para  5.8% na estimativa do Fundo Monetário Internacional (FMI) em sua perspectiva anual de outubro.

 

Sem dúvida, o Panamá acabará abaixo da República Dominicana, já que o organismo internacional prevê um crescimento de 5.9% em 2016.

 

Não obstante, o FMI indicou que o país crescerá 4.5%.

 

Atrás do Panamá se encontram a Nicarágua, que a instituição prevê que cresça 4.5 % neste ano e 4,3 % no próximo, seguida da Costa Rica, com estimativas apontando 4.2 % e 4.3 %, respectivamente.

 

Honduras, Guatemala e El Salvador apresentam taxas inferiores a 4%, enquanto a Guatemala deverá crescer 3.5 % e 3.8 % em 2016 e 2017, respectivamente.

 

O FMI indicou que Honduras poderá ter um crescimento de 3.6 % em 2016 e 3.7% em 2017, e El Salvador um crescimento de 2.4 % para este ano e o próximo.

 

Apesar destes crescimentos, o FMI estimou que a região terá certa desaceleração, já que o crescimento será de 3.9%, enquanto em 2015 foi de 4.2%. Mesmo assim, haverá melhoras em 2017, quando se antevê uma expansão de 4.1%.

 

Fonte:http://www.forbes.com.mx/

Deixe uma resposta