Preço do petróleo dos EE:UU sobe ajudado pela debilidade do dólar

15140-media

O preço do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) ganhou 67 centavos em New York, negociado a US$ 45,50 o barril, impulsion ado por um debilitamento do dólar ante outras divisas internacionais.

Segundo analistas, a depreciação do dólar facilita a quem necessita utilizar-lo para abastecer-se de ouro negro no mercado, cujas transações sempre se realizam na moeda norte-americana.

Durante a jornada, a procura pelo bilhete verde perdeu terreno após a publicação de um informe que evidenciou uma desaceleração do ritmo dos serviços, pivô da economia deste país.

Especialistas concordam que este dado alimentou a expectativa da Reserva Federal de subir a taxa de juros no final deste mês, possibilidade acerca da qual o ente monetário vinha especulando com freqüência, afim de fortalecer o dólar.

Também a subida da cotização se atribuiu a prognósticos sobre um descenso das existências de óleo cru deste país na semana anterior e aos anúncios de membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e de outros não pertencentes a este grupo, de que buscariam um acordo para incentivar a alta dos preços dos combustíveis.

A OPEP e produtores que não a integram, como a Rússia, se reunirão dias 26 e 27 de setembro na Argélia, quando da realização do Forum Internacional de Energia.

Por outra parte, no mercado de Londres, o barril de óleo cru Brent do Mar do Norte terminou a quarta-feira fix ado em US$ 47,98 , o que represents um aumento de 72 centavos.

Os preços de ambos os tipos de petróleo de referência permanecem entre 40 e 50 dólares o barril há vários meses, devido a uma grande especulação do mercado.

Fonte: http://panamaon.com/

Deixe uma resposta