Recomendam o reforço da segurança cibernética nos bancos panamenhos

Eepecialistas em segurança cibernética recomendaram ao setor bancário e às entidades governamentais panamenhas a aplicação de políticas robustas de atualização de seus sistemas Windows e Linux; homologar o procedimento de novas ferramentas (planilhas RDP, SSH e SSL); igualmente realizar auditorias mensais e elaborar um plano de ação para remediar situações de vulnerabilidade.

Assim explicou, hoje, a Autoridade Nacional para Inovação Governamental (AIG) ao relatar o conteúdo de um relatório oferecido há poucos dias pelos especialistas Ángel López Doménech, Jacobo Avariento e Arturo Beltrán.

O informe indica que os três “compartiram uma visão atual de vulnerabilidades e relacionaram os riscos mais comuns do sistema bancário, assim como as diversas iniciativas que existem no mercado atual para remediar estes riscos; além dos procedimentos e protocolos necessários para poder levar o setor bancário a um salto qualitativo em matéria de segurança informática”.

O sub-administrador da AIG, engenheiro Luis Fasano, indicou que o relatório dos especialistas em auditorias e segurança cibernética tinha a finalidade de informar aos representantes do setor bancário e diretores de informática do Estado sobre a prevenção aos ataques cibernéticos, problemas de segurança e riscos tecnológicos que podem afetar os sistemas bancários nacional e internacional.

Por sua parte, a diretora nacional de Arquitetura Tecnológica da AIG, engenheira Anabel Broce, expressou que o relatório busca fazer com que entidades do Governo e o sistema bancário incorporem em suas arquiteturas de segurança e em suas páginas, modelos de segurança física (bases de dados, conexões, redes e aplicações), evitando vulnerabilidades e riscos que possam afetar seu bom funcionamento.

A AIG produziu o relatório: “Top 10 de Problemas de Segurança e Riscos Tecnológicos no Sistema Bancário e Entidades Governamentais do Panamá” como parte de seu compromisso de colocar em marcha o governo eletrônico.

Fonte: http://www.tvn-2.com/

Deixe uma resposta